segunda-feira, 11 de abril de 2011

O fim de um mês... O fim dos tempos... O fim de uma luta...


Hoje faz um mês que tive uma grande decepção...

E também completa um mês que me dediquei de corpo e alma em busca de um objetivo maior, importante, pessoal e sublime... Talvez um dos mais importantes e relevantes da minha vida, até hoje. Um resgate. Uma conquista.

Meu empenho foi imenso, forte, profundo e contínuo, mas meu objetivo, minha meta mor, por mais que eu me esforçasse, já estava aparentemente além do meu alcance e de qualquer perspectiva de sucesso...

Apesar de todas as minhas tentativas e lutas, em vários flancos, de várias formas, não fui efetivo e não atingi meu objetivo. Não consegui o que queria e, ao contrário, tudo não só foi em vão, como também trouxe resultados surpreendentemente reversos; onde tudo que eu visava ficou ainda mais distante e irrevogavelmente inatingível.

No jogo da vida, as configurações não estavam muito propícias mesmo, e as condições adversárias se mostraram mais efetivas, bloqueando qualquer oportunidade ou chance de sucesso. Então foi, na verdade, um empenho em vão, uma luta inglória e, talvez, sem honra; por mais que qualquer luta tenha seu valor (e esta tivesse também), quando se visa um objetivo maior, mais sublime.

Mas tudo na vida tem (ou deve ter) algum porquê, alguma razão, algum sentido. E caberá apenas a mim, com o devido tempo, retirar as lições deste esforço infrutífero, desta busca inútil, desta luta inefetiva, deste objetivo não alcançado... Talvez até repensar se a busca realmente tinha algum valor ou se eu mesmo era relevante... Mas isso é só o tempo que poderá delinear.

De resto, só tenho a lamentar não ter conseguido ser vitorioso, ter obtido sucesso... Mas tudo na vida tem razões que nem sempre compreendemos (no momento) e talvez só vejamos o quanto foi bom, ruim ou melhor mais adiante...


Hoje, eu me sinto cada vez mais preparado para outras lutas, outros objetivos, alguns deles já traçados desde o início do ano, como METAS para este 2011, como perder peso (estou conseguindo, já com 15 quilos a menos!!), criar novos projetos pessoais (alguns iniciados, alguns em "stand by"...), me trabalhar mental e internamente (terapia), me curar da minha insônia (já está bem encaminhado isso também!), e buscar soluções profissionais e financeiras mais efetivas para minha vida pessoal (também já estou fazendo), para me tornar mais organizado, produtivo, últil, literalmente, mais íntegro, como pessoa, como homem e como indivíduo.

Várias destas coisas já estão acontecendo, felizmente e em bom andamento. Agora só me resta entender que nem tudo eventualmente pode ser conquistado, em qualquer circunstância. É como eu disse antes, a vida é dinâmica e tem coisas que acontecem e/ou deixam de acontecer... E as vezes nós mesmos nos enganamos (eu mesmo me engano muito...) em achar que uma coisa é "uma coisa"...

A mente humana é muito interessante, adaptável e mesmo poderosa nas coisas que queremos, podemos e imaginamos. Algumas lutas são válidas. Outras, são apenas batalhas, que se ganha ou se perde, mas que são apenas momentos na grande "guerra" de estar vivo...

Agora é continuar em foco, criando alternativas, me colocando como peça-chave e motriz nesse grande jogo da vida, e tocar a vida pra frente, lutando novas batalhas, conquistando novas fronteiras e como diz uma famosa frase de um seriado que eu admiro muito...

"ir audaciosamente onde nenhum homem (eu mesmo) jamais esteve"...!!

Meu passado me escreve, meu presente me prepara, meu futuro me aguarda...!


Buzz
(MSC)

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home