sábado, 2 de abril de 2011

Hiatos...

.
De repente (várias vezes)
A ausência do teu eu me invade
Como se o ar me fosse tirado...

Meu corpo treme
Ante a lembrança
De não estares aqui...

A mente divaga nos detalhes
O (bem) querer invade
Saudade...

O vazio que deixastes de ti me incomoda
Me traz a certeza de tantas coisas
Principalmente do tempo perdido...

Tua sombra está em cada marco de porta
Tua voz ecoa no silêncio de cada peça
Teu olhar ainda espreita nos nossos lençóis...

São tantas lembranças
Tantas vivências
Tanto amor...

Só me resta sair de casa
Distrair a mente com coisas tolas
Para fugir desse grande amor
Que insiste em querer me consumir...

MSC - 02/04/2011 - 03:20h














.
Buzz
(MSC)

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home