sexta-feira, 24 de junho de 2011

Bocas Santas...?

Jesus disse: "Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, ali eu estarei." - Mt 18, 20...
.
Hoje em dia poderia se trocar para "onde dois ou mais estiverem reunidos evocando meu nome, ali estarei sendo malhado"...!! E quando isso acontece entre "amigos" eu acho incompreensível...!
Reunir um grupo de amigos para falar mal de alguém que "supostamente" é (ou era, neste caso) amigo, e que é passa a ser ALVO de tudo que é tipo de crítica e desdém, é DE ÚLTIMA...!! O mais engraçado é que nestas horas, "ninguém tem pecado"... só "o assunto"...!! :P
.
Pra mim, reunião, jantinha com amigos, tem a característica de diversão, alegria e entretenimento... E vejo que poucos usam esses precedentes para isso. Há, sim a diversão e alegria, mas diluída na "alegria" de poder falar (mal) de alguém não presente e a "diversão" de poder julgar e criticar as ações e pensamentos ou o que for, dos não-presentes, com base nas opiniões próprias ou dos pequenos grupos de elite...
.
Ah, e claro, se uma pessoa não "pensa" com a identidade "de grupo" e segue as "leis e ordens" deste, esta pessoa passa a ser "non grata" e repelida, ao ponto de, mais adiante isso ser tão comum e corriqueiro que a pessoa afastada passa a ser vista ela mesma como excludente, e novamente passível de ser tida com quem repele... E mais julgamentos vem disto. Um comportamento e pensamento, retro-alimentado pelo engano, pela inversão de valores e mesmo pela facilidade (ou necessidade) de se estabelecer que, visto que alguém não segue as opiniões do grupo, esta pessoa se torna "errada" e "egocêntrica" - caso tenha opiniões e ações diferentes das proferidas pelos líderes ou pelo grupo todo...
.
Falar MAL da vida dos outros, criticar, julgar e condenar, SEM o "alvo estar junto" já é execrável por si só... Criar conceitos e espalhar mitos acerca de qualquer pessoa, pelo simples pensamento e opiniões pessoais, criando e espalhando uma mácula acerca da imagem de outra pessoa, é digno de PENA... Passar isso adiante, é PEQUENO demais... e PIOR ainda quando é feito por pessoas que se consideravam "AMIGAS"... :P
.
Situações assim nem mereceriam comentários, mas se as pessoas insistem em julgar, condenar e passar adiante idéias erradas e opiniões próprias, e querem motivos e razões para falar DE alguém (de forma negativa) e não só EM alguém (de forma positiva), pois que entrem ou passem para o rol dos "não-amigos" então. Porque na MINHA concepção, AMIGO não malha amigo... Amigo apoia. Amigo conversa. E se tem algo errado entre as pessoas AMIGAS, conserta-se.
.
CONSTRUIR uma relação de amizade e confiança leva tempo... Mas DESTRUIR a mesma, pode ser num segundo. Literalmente, da noite para o dia.
.
Particularmente, fora a tristeza e a decepção cada vez maior com a percepção da limitação intelectual e conceitual de algumas pessoas bem próximas, isso me faz querer dar-lhes, então, MAIS combustível para que possam se reunir novamente e mais vezes, agora com "motivos" concretos. Se não sirvo para suas vidas, senão para o achincalhamento... TÔ FORA...!!
.
Há quem goste de cuidar da vida... E há quem goste de cuidar da vida DOS OUTROS... E a estes eu sugeriria uma boa auto-análise de suas próprias vidas, e, em última instância o questionamento simples e básico de que "será que vale a pena DESTRUIR mais do que CONSTRUIR...?
.
Como diz um dito popular corriqueiro por aí, "Falar de mim é fácil... Quero ver pagar minhas contas"...!! :P
.
E tem muita gente por aí que até hoje, seja com que idade for, que fala em Deus, Jesus, Espiritismo, bla bla bla, e não sabe a diferença entre FALAR e comentar... Emitir juízos é fácil. Criar mitos é fácil. Deixar as coisas se perderem, é fácil...
.
Difícil é encarar os próprios demônios interiores... Porque de "santo", infelizmente (ou não) NINGUÉM tem nada...
.
.
Buzz
(MSC)

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Adorei o texto. Tu continuas o mesmo de anos atrás, quando me conquistou pelas palavras...
Vai passar. Torcerei por ti!
Beijão, Cris

7/02/2011 12:20:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home