terça-feira, 23 de outubro de 2007

Dessas coisas da Vida...


Pois é... a vida tem dessas coisas. As vezes nos mata de sede num deserto arenoso... Noutras faz brotar uma "fonte", um veio d'água na o meio deste deserto, trazendo, talvez, esperança...

Digo "talvez" porque as vezes mesmo um aceno de algo aparentemente positivo, pode ser que seja algo que traga mais frustração do que satisfação... Não sei.

Sabe quando mesmo quando a 'fonte' aparece, a gente sente a água salobra, com um gosto duvidoso e não "prazeroso"...?!? Pois é. A gente bebe, precisa beber, pra sobreviver, mas... possivelmente e provavelmente a gente pare de beber, e decida até seguir em frente, no mesmo deserto causticante, em busca de uma outra salvação, de outra fonte, de um lago, de um rio, qualquer coisa melhor.

Ainda que a perspectiva seja de muita, muita "areia" pela frente... Suor, cansaço, miragens, privações...

"Cala a boca e bebe a água, seu maldito pensador de araque" - diz meu cérebro...! Esquece o gosto ruim, e bebe pra sobreviver... Bebe e segue em frente...

Essa é a bosta de ter um cérebro que pense, as vezes.

B.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home